sexta-feira

Ministério do Turismo libera R$ 30 milhões para despoluir praias

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, assinou na sexta-feira, dia 4, a liberação de recursos no valor de R$ 30 milhões para serem aplicados na despoluição das praias de São Luís. A verba faz parte da primeira etapa do Pacto pelo Desenvolvimento do Turismo, que beneficiará 16 estados brasileiros com obras de infraestrutura turística no valor de R$ 305 milhões. Com os recursos, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) construirá quase 11 quilômetros de rede de esgoto entre as praias do Calhau e Olho dÁgua.

O pacto firmado pelo Ministério do Turismo (MTur) tem o objetivo de fortalecer e recuperar o turismo nos estados para os quais foram destinados recursos. O documento, assinado por representantes do Governo Federal e governos estaduais, apresenta as perspectivas abertas no turismo com a inclusão de milhões de brasileiros na classe média e com a proximidade dos megaeventos como a Copa das Confederações, a Copa do Mundo da Fifa 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.
O ministro do Turismo, Gastão Vieira, assinou na sexta-feira, dia 4, a liberação de recursos no valor de R$ 30 milhões para serem aplicados na despoluição das praias de São Luís. A verba faz parte da primeira etapa do Pacto pelo Desenvolvimento do Turismo, que beneficiará 16 estados brasileiros com obras de infraestrutura turística no valor de R$ 305 milhões. Com os recursos, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) construirá quase 11 quilômetros de rede de esgoto entre as praias do Calhau e Olho dÁgua.

O pacto firmado pelo Ministério do Turismo (MTur) tem o objetivo de fortalecer e recuperar o turismo nos estados para os quais foram destinados recursos. O documento, assinado por representantes do Governo Federal e governos estaduais, apresenta as perspectivas abertas no turismo com a inclusão de milhões de brasileiros na classe média e com a proximidade dos megaeventos como a Copa das Confederações, a Copa do Mundo da Fifa 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.


Fonte:  http://imirante.globo.com/oestadoma/noticias/2013/01/11/pagina237498.asp
 http://ideias.org.br

Nenhum comentário: